30 de setembro de 2014

Bilhetes para o jogo com o Moreirense já à venda!

«Vamos continuar a trabalhar para conseguirmos a segunda vitória consecutiva» - Jimmy

Em Coimbra respira-se melhor. Apesar da tranquilidade evidenciada desde o início do Campeonato, a verdade é que a vitória (1-0) frente ao Arouca, no passado domingo, confere aos comandados de Paulo Sérgio uma confiança redobrada para as jornadas que aí vêm, a começar já pela receção ao Moreirense, agendada para as 16 horas de domingo.

Jimmy, jovem médio que completou o seu processo de formação na Briosa e que este ano se estreia no principal escalão do futebol português – depois de na época transata ter evoluído, por empréstimo, no União, da Liga 2 -, esteve na tarde desta terça-feira no Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC), na companhia de Aderlan e Lucas Mineiro, e não escondeu a felicidade que invadiu o balneário pelos três pontos conquistados em Arouca. E a façanha é para repetir diante dos cónegos, garantiu:

«Senti-me feliz com a minha estreia na Liga e pelo facto de ter ajudado a equipa. Era um sonho para mim e ainda por cima conseguimos a vitória que queríamos. Agora estamos mais tranquilos e queremos ir em busca dos nossos objetivos, que passam por conseguir a permanência e tentar ficar na primeira metade da tabela. Vamos continuar a trabalhar para conseguirmos a segunda vitória consecutiva já no próximo domingo, com o Moreirense. Sabemos que para alcançarmos os três pontos temos que jogar bom futebol.»

O número 8 dos academistas não escondeu que está a viver um período de extrema felicidade e prometeu continuar a dar o seu melhor para ser opção de Paulo Sérgio, treinador que, de resto, elogia. 

«Os adeptos podem esperar sempre o melhor de mim, dando o máximo pela equipa. Estou mais maduro, depois de um ano na Liga 2, ao serviço do União da Madeira, e agora quero afirmar-me na Liga. Estou num processo de aprendizagem com os meus companheiros e espero ir melhorando cada vez mais. Paulo Sérgio? É um líder e sabe transmitir informações aos jogadores, deixa-nos tranquilos», acrescentou o jogador. 

Sobre o evento desta tarde, que contou com a presença de muitos estudantes do ISCAC, Jimmy deixou o apelo para que todos eles apoiem a Académica. 

«É sempre bom sentir a presença dos estudantes no estádio, tal como já aconteceu frente ao Estoril, e espero que sejam cada vez mais a apoiar-nos», finalizou.

in abola

29 de setembro de 2014

Rui Pedro: «Na Académica de corpo e alma para relançar a minha carreira»

Herói em Arouca, ao marcar o golo do primeiro triunfo da Académica no campeonato, o criativo regressou este ano a Portugal, depois de três na Roménia ao serviço do Cluj, onde o momento mais alto foi precisamente contra uma equipa portuguesa: marcou os três golos do então campeão romeno contra o SC Braga na Liga dos Campeões (3x1).

«Foi o jogo da minha vida, no qual tudo me saiu bem. Mas já lá vai. Se é esse o Rui Pedro que aqui vão ter? Não será certamente o de marcar três golos todos os jogos [risos], mas vai ser seguramente o que trabalha e luta para ganhar sempre», relembrou, bem disposto, ao zerozero.pt.

Numa conversa ainda antes do golo apontado este domingo, que deu, à sexta jornada, a primeira vitória da época à Académica, o foco do jogador já adivinhava que os triunfos estavam próximos.

«O futebol que nós praticamos, que tem o dedo do treinador, justifica vitórias e mais pontos do que o que temos tido», referiu o número 20, depois de avaliar os empates caseiros contra Sporting, Vitória FC e Estoril, e as derrotas forasteiras nos Barreiros e no Bessa.


«Espero que este seja o meu ano»

Formado no FC Porto, o médio deambulou por empréstimos, mas nunca se conseguiu afirmar (tinha apenas quatro jogos realizados na Liga Portuguesa até este ano). Em 2011, com 23 anos, aceitou a proposta para rumar aos romenos do Cluj, onde esteve três anos. Foi campeão nacional naquele país e jogou na Liga dos Campeões, só que, três épocas depois, decidiu regressar. «Porquê?» foi a questão que o zerozero.pt quis que fosse respondida.

«Foi uma opção para poder relançar a carreira, pois ainda sou jovem. As coisas até estavam a correr bem lá fora, mas achei que era o momento de regressar e a Académica abriu-me as portas. Estou de corpo e alma no clube e com vontade de ajudar o máximo que puder. Não é um passo atrás. Penso que esta opção foi boa para a projeção de todos, de mim e da Académica. No fim, será bom para todos», assegurou, imune aos elogios que possam aparecer por um bom arranque, mas que ainda pode não ser o equivalente ao melhor Rui Pedro.

«Espero que este seja o meu ano. Penso que tenho realizado bons jogos, feito bom trabalho e espero que as coisas ainda melhorem mais», desejou.

Por fim, e depois de elogios ao treinador Paulo Sérgio (com quem trabalhou no Cluj e que terá sido decisivo para a sua chegada a Coimbra) e ao clube, Rui Pedro traçou aquelas que são as metas coletivas para 2014/2015.

«Queremos garantir a manutenção e depois, se possível, tentar o oitavo lugar. É esse o nosso objetivo», rematou.

in zerozero

Académica regressa aos treinos na terça-feira

A Académica começa a preparar a recepção ao Moreirense esta terça-feira, na Academia.

A Briosa treina a partir das 17:00, numa sessão que servirá para dar o pontapé de saída na preparação da equipa para o jogo da sétima jornada do campeonato.

O jogo com os cónegos está agendado para domingo, às 16:00, no Estádio EFAPEL. 

in AAC-OAF

Jimmy e o primeiro jogo pela Briosa

Ficará para a história o jogo de ontem frente ao Arouca como o primeiro jogo oficial de Jimmy pela Académica.   

Apenas seis minutos em campo mas a honra de passar a figurar como o 787.º jogador a alinhar com a camisola oficial da Briosa!


Parabéns!

2014/15 - 06J - Arouca 0 - Académica 1: resumo


28 de setembro de 2014

2014/15 - 06J - Arouca 0 - Académica 1: A primeira desta temporada...


nº espectadores:  1.150
árbitro: Cosme Machado 

A Académica conquistou este domingo a primeira vitória na Primeira Liga ao vencer, fora, o Arouca por 1-0. O golo dos "estudantes" apareceu ainda na primeira parte, por intermédio de Rui Pedro.

Foi precisamente em busca dos três pontos que a turma orientada por Paulo Sérgio se apresentou em Arouca. Ainda à procura da vitória, foi a Briosa quem entrou mais determinada no jogo e chegou com relativa naturalidade ao golo quando Rui Pedro, na cara de Goicoechea, fez um chapéu que só parou dentro das redes da equipa da casa. Estavam decorridos apenas oito minutos.

A partir do golo, a história do jogo é simples de contar: a Briosa, sempre muito unida e solidária dentro de campo, teve a arte e o engenho para saber colocar o ritmo do jogo conforme mais lhe convinha. O Arouca despediçou algumas boas ocasiões (que grande jogo de Cristiano!) mas a verdade é que a vitória da Académica nunca pareceu estar em risco.

Com o apito final veio a certeza dos três pontos para a Briosa que assim passa a somar 6 na tabela classificativa. Na próxima jornada, a Académica recebe o Moreirense. Força Rapazes!

in AAC-OAF

Crónica 

A Académica somou este domingo a primeira vitória da época, em Arouca, numa tarde que tinha tudo para ser de festa para os locais. Em domingo de Feira das Colheitas, que reúne milhares de arouquenses todos os anos, os homens de Pedro Emanuel procuravam o terceiro triunfo consecutivo. Não aconteceu. 

A Briosa não podia pedir melhor entrada. Com apenas oito minutos de jogo, um passe em profundidade de Ricardo Nascimento, que poderia não ter passado do meio-campo, beneficiou da hesitação de Bruno Amaro e Rui Pedro, com muita tranquilidade, picou a bola por cima de Goicoechea. 

O Arouca, talvez surpreendido, demorou a acertar as linhas e a reagir a preceito. Mas quando o fez, foi com estrondo. Na barra para onde Cristiano, em voo, desviou a bola atirada do meio da rua por Pintassilgo. 

Dado o mote, a equipa da casa voltaram ao plano inicial, de procurar a baliza da Briosa. Pelo meio, a Académica ainda «cheirou» o segundo, mas o centro de Magique encontrou Marinho demasiado atrasado. 

Os arouquenses continuaram a pressionar e, num livre de Bruno Amaro, voltaram a obrigar Cristiano a defender para a barra. A defesa dos estudantes tremia perante o volume de jogo dos homens da casa e a ameaça de golo pairava no ar. Mas não aconteceu até ao intervalo. 

Paulo Sérgio percebeu bem o que estava em causa e não hesitou em tirar Aderlan (o árbitro já lhe tinha perdoado o segundo amarelo…) para apostar na segurança e fiabilidade de Fernando Alexandre. 

Ainda assim, o meio-campo estudantil nem por isso conseguiu suster a bola. Aliás, a Académica, que, até agora, se tem distinguido pela qualidade na posse, assumiu desta feita uma postura claramente baseada em transições. 

Ao mesmo tempo, sucediam-se as tentativas de quebra de jogo – Cristiano teve de ser assistido duas vezes… -, que deixavam jogadores e adeptos da casa à beira de um ataque de nervos. 

A certa altura, os conimbricenses abdicaram do ataque e acantonaram-se lá atrás, na defesa da preciosa vantagem. O Arouca, apesar do tremendo volume do jogo, pareceu, todavia, perder a ligação entre setores e foi inconsequente diante da baliza de Cristiano.  

Destaques 


A figura: Cristiano 

Salvou a Briosa com um par de defesas para a barra a remates fortíssimos de Pintassilgo e Bruno Amaro, revelando grande atenção e reflexos apurados nos melhores momentos do Arouca. Mais tarde, com menos oportunidades para fazer defesas vistosas, foi providencial em duas ou três intervenções que ajudaram a serenar os colegas. Algumas hesitações não lhe retiram, contudo, o brio de uma exibição determinante. 

Outros destaques: 

Rui Pedro 
Fez um belo golo, num chapéu de boa aba, com grande tranquilidade, aproveitando ao máximo a hesitação de Bruno Amaro. Além desse momento, foi sempre bastante esclarecido e inteligente na abordagem dos lances. 


Lino 
Estreia do veterano lateral de regresso a Coimbra. Impressionante a frescura que demonstra à beira dos 40. Experiente, paciente, esclarecido, não cometeu um erro e esteve sempre no local correto na altura certa. 

Artur 
Não sabe jogar mal. Tudo o que faz leva a arte dos grandes jogadores. Mesmo quando as coisas não correm bem à equipa, é dele o que de classe, o passe de rotura, a jogada de génio. Jogou e fez jogar o Arouca.  

Opiniões


Paulo Sérgio: «Todos os dias no jornal diziam que ainda não tínhamos ganho»

«Começámos muito bem, como temos feito, chegámos ao golo e tivemos mais uma boa situação. Depois, veio a reação normal do Arouca, e tivemos de ser organizados, defender bem, numa altura em que não estávamos a entender-nos com o posicionamento do David Simão e do Bruno Amaro. Ajustámos ao intervalo, não fizemos o jogo com bola como fizemos antes, mas a necessidade do resultado assim nos obrigou e tolheu algumas ideias. Por mais que tentemos que a ansiedade se apodere da equipa, os jogadores são humanos e sentiram que era preciso segurar o resultado. Ainda assim, voltámos a ter duas situações, mas demos a iniciativa ao Arouca, e reajustamos posicionamentos para não deixar os centrais jogar à vontade. Penso que funcionou bem, a equipa revelou enorme caráter, mas não custa admitir que nos faltou respirar para podermos ter um pouco mais a bola. A cara de quem ganha não é a mesma de quem perde. Apesar deste resultado não ter vindo antes, tentámos sempre passar confiança aos jogadores por aquilo que fazem de positivo. Mas o facto é havia equipa que, com seis ou sete pontos, estavam tranquila e, salvo seja, ninguém lhes podia tocar, enquanto que nós vínhamos todos os dias no jornal: a Académica ainda não ganhou, a Académica ainda não ganhou… Mais três pontos dão outra tranquilidade e serenidade, ajuda a que estejamos todos juntos, é importante… Chegou tarde, mas vem sempre em boa hora.» 

Pedro Emanuel: «Faltou-nos acutilância para fazermos a diferença»

«É frustrante. Tínhamos como objetivo somar a terceira vitória consecutiva, era importante e os jogadores sentiram isso, mas entrámos mal, concedemos vantagem ao adversário e isso obrigou-nos a procurar o jogo. Apesar disso, os jogadores procuraram com clarividência, que se foi perdendo, como é lógico, com o passar do tempo e o cansaço. Criámos situações para igualar e passar para a frente, mas, para mim, ter 13 ou 14 cantos, ou 14 remates, diz pouco sabendo que a Académica teve metade, mas fez golo e até poderia ter chegado ao segundo num momento de desnorte nosso, oque seria de todo injusto. Hoje, não tivemos sequer um ponto, mas não posso acusar os jogadores de nada. Tiveram uma dedicação total. Só que não podemos conceder dessa forma vantagem numa bola parada a nosso favor. Marcou o jogo. O resto é eficácia. Não gosto de falar em sorte, por isso digo que nos faltou a acutilância para, em momentos decisivos do jogo, fazermos a diferença. Agora é trabalhar durante a semana para entrarmos com a mesma atitude e determinação no próximo domingo.» 

Rui Pedro: «Vitória que há muito procurávamos»

«Como foi o golo? Aproveitei um passe do Ricardo, e tive a felicidade de fazer a desmarcação na altura certa. Mas o importante é destacar o sofrimento e a união da equipa. É uma vitória justa, que já merecíamos… fomos felizes. Os primeiros 15 minutos foram nossos, acabamos por fazer o golo, e, depois, a ansiedade de conseguirmos a primeira vitória levou a que nos retraíssemos um pouco, foi evidente que recuamos as linhas para defender o resultado. A equipa também está preparada para isso, tivemos sucesso. É a vitória que há algum tempo procurámos. Temos jogado bom futebol, mas ela não tinha aparecido. Hoje demonstramos que a merecíamos, apesar de pressionados pelo Arouca. Foi especial? Só porque ganhámos.» 

Ao minuto 


90'Primeira vitória da Académica esta época, sobre o Arouca, que falhou o objetivo histórico de somar o terceiro triunfo seguido!
90'FIM DO Arouca, (0) - Académica, (1)
89'Cartão amarelo para Cristiano.
87'Roberto quase consegue o chapéu!!!
86'Miguel Oliveira, à meia volta, quase marca!!!
83'Entra Tinoco (Arouca)
83'Sai Nelson Barbosa (Arouca)
83'Entra Jimmy (Académica)
83'Sai Ricardo Nascimento (Académica)
82'Cartão amarelo para Bruno Amaro.
82'Jogo novamente interrompido para assitência a Marinho...
78'Carrega o Arouca...
73'Entra R. Ofori (Académica)
73'Sai G. Magique (Académica)
72'Cartão amarelo para Rui Pedro.
71'Entra L. Colitto (Arouca)
71'Sai Nildo Petrolina (Arouca)
71'QUASE O SEGUNDO PARA A ACADÉMICA!!!! Marinho fura pelo lado esquerdo e cruza para Rui Pedro, mas este não acerta com o alvo!!!
67'Roberto faz falta sobre Cristiano, na zona de proteção de guarda-redes, e este fica outra vez prostrado no relvado...
64'Bom remate de Claro, de muito longe... a bola não passa muito longe do alvo.
59'Partida interrompida para assistência a Cristiano...
59'Mais um canto para os da casa...
57'O Arouca pressiona em cima...
56'Depois de perdoar o segundo amarelo a Aderlan, Cosme Machado dá agora cartolinas por tudo e por nada...
54'Cartão amarelo para Marinho.
53'Cartão amarelo para Lino.
51'Cartão amarelo para Claro.
50'Cartão amarelo para Aníbal Capela.
49'Segundo canto para os de Arouca, e, neste, quase golo!!
48'O Arouca começa ao ataque.
46'Recomeça o Arouca - Académica
45'Entra Fernando Alexandre (Académica)
45'Sai Aderlan (Académica)
45'Entra Roberto (Arouca)
45'Sai Pintassilgo (Arouca)
45'Intervalo no Arouca - Académica
43'O Arouca aperta o cerco...
38'O árbitro terá poupado o segundo amarelo a Aderlan, depois de uma falta sobre Pintassilgo...
35'OUTRO VEZ CRISTIANO A DEFENDER PARA A BARRA!!! Era livre de Amaro, e, depois é Capela quem atira para canto!!!
32'Cartão amarelo para Nuno Piloto.
30'Canto para a Académica, depois de boa subida de Lino. Belo jogo do veterano, em tarde de estreia.
26'Bela jogada de Lino, que passou por vários adversários e quase ficou cara a cara com Goicoechea!
25'A Académica vai controlando o jogo...
22'O Arouca não consegue entrar na área da Académcia...
18'QUE GRANDE DEFESA DE CRISTIANO!!! Remate de fora da área de Pintassilgo, o guarda-redes defende para a barra, e dá canto.
10'Cartão amarelo para Aderlan.
9'Grande passe de Nascimento, a isolar Rui Pedro, Bruno Amaro hesita, e o jogador da Briosa, com calma, a fazer o chapéu a Goicoechea!!!
8'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Rui Pedro.
3'Já houve duas situações, uma em cada baliza...
1'Começa o Arouca - Académica
0'Jogo atrasado, parece haver um problema na baliza do topo norte...

texto maisfutebol
fotoz zerozero/vitor parente 

Arouca-Académica (antevisão): à procura da história

Arouquenses querem a terceira seguida, perante estudantes que ainda não sabem o que é ganhar

O Momento 

Arouca: 

Pedro Emanuel deixou bem claro que quer fazer história neste jogo, ou seja, conseguir a terceira vitória consecutiva depois dos triunfos sobre o Sp. Braga (casa) e Rio Ave (fora). A equipa tem subido na tabela, depois de um empate e duas derrotas nas primeiras três jornadas e respira agora confiança por todos os poros. Antes dos embates com Benfica e FC Porto, em jornadas consecutivas, conseguir amealhar o máximo de pontos possível torna-se uma missão premente. 

Académica: 

Cenário inverso do lado estudantil. Cinco jogos, três empates, todos em casa, e duas derrotas, fora, dão corpo a um trajeto pouco famoso de uma equipa cuja qualidade de jogo tem sido reconhecida, mas os erros, mormente individuais, aliados à falta de eficácia, têm afundado na classificação. A jornada até pode ser favorável em caso de vitória, uma vez que os rivais mais diretos jogam todos entre si: Boavista-Gil Vicente, Moreirense-Penafiel e V. Setúbal-Nacional. 

Ausências: 

Arouca: Dabo, Igor Rocha e Serginho, lesionados. 
Académica: João Real e Marco Paulo, lesionados; Iago Santos, castigado. 

Discurso direto: 

Pedro Emanuel, treinador do Arouca: «[A Académica] É uma equipa com qualidade, que virá aqui a Arouca procurar os seus primeiros pontos fora e a sua primeira vitória no campeonato. Como é lógico, eu defendo aquilo que o Miguel Oliveira disse: nós queremos e vamos fazer tudo para que não seja amanhã que a Académica conquiste esses pontos. Nós estamos muito focados naquilo que é a nossa missão. E a nossa missão é fazer história mais uma vez para o clube. Vamos lutar por estes três pontos e fazer da nossa casa uma fortaleza, onde queremos ser poderosos.» 

Paulo Sérgio, treinador da Académica: «Vai ser mais um jogo difícil, sem dúvida nenhuma, frente a uma boa equipa, organizada, e moralizada pelos últimos dois resultados. Vamos procurar ser iguais a nós próprios, e tentar trazer o resultado, que é o que temos andado a fazer.» 

Histórico de confrontos: 

É a segunda vez que as duas equipas se defrontam em Arouca para a Liga. No ano passado, os estudantes foram mais fortes. Mas na primeira volta, em Coimbra, havia-se registado um empate, tal como aconteceu para a Taça da Liga, competição em que se registam duas igualdades. 

Equipas prováveis:

AROUCA:


Outros convocados: Rui Sacramento, Nuno Coelho, Tinoco, Rui Sampaio, Hugo Monteiro, Colitto e Roberto.

ACADÉMICA:



Outros convocados: Lee, Ofori, Jimmy, Fernando Alexandre, Lucas Mineiro, Ivanildo e Rafael Lopes.

in maisfutebol 

Arouca vs Académica: Antevisão de Paulo Sérgio

2014/15 - 06J - Arouca - Académica: Convocados

O treinador da Académica, Paulo Sérgio, divulgou este sábado a lista de convocados para o jogo frente ao Arouca.

O embate diante os arouquenses conta para a 6ª jornada da Primeira Liga e será disputado este domingo, pelas 16:00, no Estádio Municipal de Arouca. 

Consulte os nomes que vão a jogo! A lista contempla 19 jogadores:

Guarda-redes: 1- Cristiano; 32- Lee

Defesas: 3- Aníbal Capela; 5- Ricardo Nascimento; 16- Lino; 29- Aderlan 37- Ofori

Médios: 4- Obiora; 8- Jimmy; 20- Rui Pedro; 28- Nuno Piloto; 65- Fernando Alexandre; 92- Lucas Mineiro

Avançados: 7- Marinho; 9- Schumacher; 10. Ivanildo; 11- Magique; 23- Edgar Salli; 30- Rafael 

in AAC-OAF

Aníbal Capela: «Arouca? Vamos à procura da primeira vitória»

A Académica continua, ao fim de cinco jogos, a ser a única equipa, a par do Gil Vicente, que ainda não venceu esta época. Um cenário que Aníbal Capela quer contrariar, se possível, já este domingo, em Arouca: 

«É um jogo igual aos outros. Vamos procurar à nossa primeira vitória, que perseguimos há já bastante tempo. Grupo ansioso? Não, longe disso. O plantel está tranquilo, sabe o que quer, com muita gente nova, mas consiciente e preparado para dar a volta a esta situação», garantiu o central, esta sexta-feira. 

«É fundamental ganhar neste jogo como noutros, tentamos isso em todos. Favorito? Não penso que não há», acrescentou o defesa da Briosa que quer ganhar, mas não a qualquer preço: 

«A gente sabe que, jogando bem, vamos estar mais perto de vencer. Temos que continuar a seguir as nossas ideias, os nossos princípios, firmes, e as vitórias hão-de aparecer. O Arouca? Parece boa equipa, bem orientada, equilibrada, vem de duas vitórias e, naturalmente, estará muito moralizada.» 

in maisfutebol 

26 de setembro de 2014

Arouca vs Académica: Bilhetes à venda em Coimbra

Já se encontram à venda, em Coimbra, os bilhetes para o jogo da 6ª jornada da Primeira Liga, que opõe o Arouca à Académica.

O encontro está agendado para o próximo domingo, dia 28 de Setembro, pelas 16:00, no Estádio Municipal de Arouca.

Os ingressos para os sócios e adeptos da Briosa estão à venda nos locais habituais (Loja do Sócio, no Estádio, e Sede Mancha Negra, no Pavilhão Eng. Jorge Anjinho) com o preço fixado nos 13 euros.

A turma orientada por Paulo Sérgio procura a primeira vitória na Liga e todo o apoio é fundamental nesse sentido! Força Rapazes! 

in AAC-OAF

John Ogu assina pelo Hapoel Be’er Sheva - Israel


Nigeria international John Ogu has been confirmed as a Hapoel Be’er Sheva player having sealed a switch to Israel.

The towering defensive midfielder was previously with Academica de Coimbra, but ended his tenure with the Portuguese side at the end of last season.

The Nigerian had fallen out with management at the club and was not slow to express his unhappiness. An avid Twitter user, Ogu was known to vent about his tense situation with A Briosa.

Upon his arrival in Israel, Ogu spoke about his joy at changing clubs. As reported by MTN Football, the midfielder said: “I am happy that this has scaled through. It’s being a difficult time for me, but now is the time to re-launch my career.”

“I can’t wait to get back to action.”

Ogu previously played for Portuguese sides Atletico CP and Uniao de Leira, and also featured for Almeria’s B team, in Spain. To date, he has 13 caps for Nigeria, but was overlooked for Stephen Keshi’s World Cup squad.


in africafootballshop

Iago Santos falha jogo com Arouca

Expulso frente ao Estoril em jogo da 5ª Jornada, Iago Santos foi castigado com um jogo de suspensão falhando assim o jogo da próxima jornada frente ao Arouca.

By BP

22 de setembro de 2014

2014/15 - 05J - Académica 2 - Estoril 2



by sapo videos

Classificação após a 5ª Jornada

by LPFP

2014/15 - 05J - Académica 2 - Estoril 2



nº espectadores: 4 222
árbitro: Rui Costa 

Crónica 

A Académica continua a não ir além da divisão de pontos em casa e, desta feita, até se pode dar por satisfeita ante um Estoril que começou encolhido, ganhou ânimo com a expulsão de Iago, e quase saiu de Coimbra com os três pontos. 

No final, ficam talvez os canarinhos mais satisfeitos, pese a ponta final que poderia ter rendido mais, do que os conimbricenses, que se mantêm na parte perigosa da tabela, e só se podem queixar de si próprios. Com o Gil Vicente, os estudantes continuam a ser a única equipa que ainda não ganhou... 

De positivo, muito pouco. A Briosa marcou dois golos num jogo pela primeira vez esta época, e logo pelos dois estreantes a titular: Schumacher e Marinho. O mais alto e o mais baixo do plantel! O Estoril, que marca em todos os jogos na Liga, continuou produtivo a este nível… mas pode fazer melhor. 
  
Paulo Sérgio voltou a mexer na equipa e não foi (só) pelas lesões. Farto de empates (em casa) e derrotas (fora), o técnico promoveu a estreia a titular de dois jogadores, Marinho e Schumacher, que viriam a revelar-se absolutamente decisivos para o resultado. 

Do mais alto ao mais baixo do plantel, dois golos surgiram, quase seguidos, dando à partida o caráter de justiça que parecia estar a faltar-lhe. Primeiro o brasileiro, da linha dos 11 metros, num castigo máximo que deixa a sensação de não ter existido. 

Emídio Rafael, de regresso a Coimbra, terá jogado a bola com o peito, mas Schumacher foi mesmo para a marca fatídica e abriu o marcador. O Estoril, até então apagado, passou ao estado de atordoado e, menos de 10 minutos depois, sofreu o segundo.

Grande trabalho do avançado com nome de campeão da Fórmula 1 na direita, a libertar Aderlan para o centro, e o pequeno extremo, quase debaixo da trave, a confirmar o segundo da noite. Era a noite quase perfeita da Briosa, que marcava pela primeira vez dois golos numa partida. O pior veio depois. 

Incapazes de segurar a vantagem preciosa, os estudantes «ofereceram» o golo a um Estoril, quando pararam e ficaram a ver jogar Kuca, logo ele, que não se fez rogado e reduziu o marcador ao cair do pano para o intervalo. 

O tónico foi bom e os canarinhos voltaram, naturalmente, com mais vontade na segunda parte. Continuando na senda dos tiros no pé, como lhe chamou o próprio Paulo Sérgio, Iago foi expulso devido a uma cotovelada em Bruno Lopes, e estendeu o tapete vermelho que faltava ao Estoril. 

O empate, novamente por Kuca, não tardou muito e fez tremer o estádio Cidade de Coimbra. O Estoril virava o campo ao contrário e procurava, agora, a cambalhota completa no marcador. Já com Kléber e Balboa em campo, José Couceiro arriscava tudo. 

Cristiano salvou a equipa com um par de defesas a remates de Kléber e, pouco depois, foi a trave que devolveu um remate o internacional guineense. Foi por pouco. 

Destaques 

A figura: Kuca 
Para quem, no ano passado, andava pela Covilhã, este cabo-verdiano já é um caso sério no clube da Linha. Bisou na partida e já é o melhor marcador da equipa na Liga. Felino, irrequieto mesmo, destroçou a defesa da Académica e fez aquilo que os pontas-de-lança não foram capazes de fazer. 

O momento: o segundo de Kuca
A Académica defendia-se como podia, com 10 jogadores, perante um Estoril cada vez mais ameaçador. Os buracos eram muitos, porque quem tem manta curta dificilmente tapa a cara sem destapar os pés, e Kuca, o agitador de serviço, fez o empate para os canarinhos quando ainda faltavam 20 minutos para o fim. Suspense absoluto. 

Outros destaques:

Cristiano 
Voltou às boas exibições, depois de ter complicado, e também de algum azar, nas jornadas anteriores. Ajudou a segurar um ponto com algumas boas defesas quando o Estoril carregava, com destaque para um par de voos a remates de Kléber. 

Marinho 
O regresso do capitão à linha inicial, depois de uma lesão que o limitou, não poderia ter sido melhor. Fez o segundo para a Académica, coroando uma exibição, até então, cheia de adrenalina e codícia pelo golo. 

Schumacher 
Não acelera como outro, até porque, com 1,92 m, seria difícil atingir uma velocidade supersónica, mas já marca em Portugal. O Pinheiro de Paulo Sérgio abriu o marcador, de grande penalidade, no primeiro jogo como titular. Depois, teve participação decisiva no segundo, com um bom trabalho de pés, a libertar Aderlan para o centro que deu o golo de Marinho. Até na defesa ajudou. 

Kléber 
Boa entrada do ponta-de-lança, com um passado de glória no futebol português. Visou a baliza de Cristiano um par de vezes, obrigado o guarda-redes da Briosa a duas grandes defesas. 

Opiniões 

Paulo Sérgio: «Espero que o Iago aprenda com o erro»

«Enquanto tivemos onze fizemos uma excelente primeira parte e não merecíamos o golo que sofremos quase em cima do intervalo. Voltámos para a segunda parte com a intenção de manter as linhas juntas e continuar a mandar. 

No entanto um erro, que é discutível, mas não quero ir por aí, não conseguimos impedir que o Estoril criasse perigo com cruzamentos e bolas bombeadas para a área. A equipa mostrou carácter e segurou um ponto, que é um mal menor. 

Perdemos uma grande oportunidade de somar três pontos, mas sabemos que o futebol é assim. Avisámos os jogadores para que não entrem neste tipo de situações com os adversários, mas por vezes de cabeça quente os jogadores não pensam. Espero que o Iago aprenda com o erro.» 

Paulo Sérgio, treinador da Académica, no final do empate com o Estoril, esta segunda-feira, em Coimbra: 

«Jogo dividido em dois, com um momento muito importante. Fizemos 40 minutos muito bons, porque, nos últimos 5, não mantivemos as linhas juntas. Pena que já com golo encaixado, num erro defensivo, tentámos corrigir, mas a expulsão determina o resto do jogo. Fizemos uma primeira fantástica, e um segundo tempo com organização e caráter, mas com um ou outro erro. Em desvantagem numérica, não podemos permitir uma transição, que deu o empate. Fica o amargo de boca no final do jogo, porque trabalhámos muito para fazermos uma grande partida. Esse erro estragou o que fizemos até então. Mas não estamos aqui para matar ninguém, O Iago é um jovem, que vai aprender com o erro. Prefiro dar benefício da dúvida ao árbitro, não fiz qualquer comentário até agora sobre arbitragens, mas já me senti prejudicado em jogos anteriores. Nem vou falar da expulsão, nem da grande penalidade. Foi pena, porque estavamos a fazer uma grande partida. No final, do mal o menos, ficámos com um ponto. Mas temos de melhorar a nossa linha defensiva, não podemos afundar e permitir que os adversários toquem mais na bola do que os nossos defesas. » 

Marinho: «Temos equipa para chegar às vitórias»

«A primeira parte foi totalmente dominada pela Académica, mas nos últimos minutos tivemos um erro que permitiu ao Estoril reduzir por 2-1. A segunda parte ficou marcada pela expulsão do Iago, a partir daí tivemos de baixar e o Estoril foi melhor. 

Mostrámos que podíamos ter ganho os três pontos, mas com o decorrer do jogo, e com menos um elemento, tivemos de defender. Um ponto é sempre um ponto e é importante na nossa luta. É verdade que ainda não vencemos, mas estamos de cabeça tranquila porque demonstrámos que temos bom futebol e equipa para chegar às vitórias. Se hoje não tivesse havido aquela expulsão, estou convencido que teríamos ganho.»

Couceiro: «Estamos tristes porque perdemos dois pontos»

«A expulsão da Académica facilitou a nossa tarefa, mas também cometemos um erro que permitiu à Académica abrir o marcador cedo. Desconcentramo-nos, permitimos o primeiro golo, depois cometemos uma infantilidade que deu o segundo golo. 

Ao intervalo disse que tínhamos de nos concentrar, concentramo-nos e depois da expulsão tivemos várias ocasiões para marcar. Fizemos o empate e podíamos ter vencido. Estamos tristes porque perdemos dois pontos, não temos estado com a estrelinha que é necessária, mas temos de continuar a lutar e combater isso. A sorte também se procura.»

José Couceiro, treinador do Estoril, no final do empate com a Académica, esta segunda-feira, em Coimbra: 

«Foram, claramente, dois pontos perdidos. Um jogo com momentos distintos. Sabíamos que a Académica tinha muita posse de bola e preparámo-nos para isso, mas não entrámos bem. Demos muito espaço. O penálti, que foi um erro claro, aconteceu, intranquilizou a equipa, perdemos um pouco o discernimento, e ainda sofremos, infantilmente, o segundo golo. Mas reagimos e, na segunda parte, depois da expulsão, foi claramente um jogo de sentido único. Não conseguimos fazer o terceiro, este quase, mas não aconteceu. A sorte procura-se e, a nós, resta-nos continuar a trabalhar para que ela apareça e possamos somar pontos. É sempre difícil depois de um jogo fora, com viagens, mas temos uma estrutura que nos apoia, e cria condições para recuperarmos. Não foi por termos jogado na quinta-feira com o PSV que não conseguirmos ganhar. Gostei do empenho, mas cometemos erros que nos penalizaram.» 

Kuca, jogador do Estoril, em declarações à Sporttv no final do empate (2-2) em Coimbra, no qual apontou os dois golos da equipa da Linha: 

«Entrámos um bocadinho mal no jogo, não era isso que queríamos, mas conseguimos reagir e empatar. Tivemos muito azar em não conseguir a vitória no fim. A equipa deu tudo, só faltou sorte na finalização. Como me sinto por já ter feito três golos? Todos os dias trabalho para estar bem e para ajudar a equipa. Os golos têm acontecido naturalmente. Fico feliz.»  

Ao minuto 

90'Cartão amarelo para Cristiano.
90'A Académica esteve a vencer por 2-0, mas deixou o Estoril empatar com dois golos de Kuca.
90'Vão jogar-se mais três minutos...
90'FIM DO Académica, (2) - Estoril, (2)
89'À TRAVE!! Balboa com tudo para marcar, desviou um canto de Babanco contra o ferro!!
85'Remate de Diogo Amado que sai muito torto. O Estoril carrega...
81'Outra vez Cristiano!! Kléber ganha a bola e remata em arco, forte, mas Cristiano faz grande defesa e evita o golo do Estoril...
79'Cristiano evita o golo do Estoril!! Kléber finaliza bem de cabeça e o guarda-redes da Académica faz excelente defesa para canto...
75'Cartão amarelo para R. Ofori.
75'Boa jogada de Rafael Lopes, mas Filipe Gonçalves bloqueou o remate para canto...
72'Outra vez Kuca a finalizar de cabeça, mas desta vez a jogada foi finalizada por falta do avançado do Estoril.
70'Kuca bisa e empata o jogo!! Foi um golo de cabo-verdianos: cruzamento de Babanco e finalização de Kuca, de cabeça, dentro da área...
70'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Kuca.
70'INFORMAÇÃO OFICIAL: 4222 espetadores em Coimbra.
68'O Estoril carrega...
65'Cartão amarelo para Filipe Gonçalves.
64'Entra Rafael Lopes (Académica)
64'Sai Schumacher (Académica)
61'Entra Javier Balboa (Estoril)
61'Sai Emidio Rafael (Estoril)
60'Entra Kléber (Estoril)
60'Sai Bruno Lopes (Estoril)
60'Vão entrar Balboa e Kléber! Couceiro arrisca tudo!
60'Académica fechadinha lá atrás. Joga com 10...
58'Só dá Estoril...
56'Primeiros minutos esta época de Fernando Alexandre, que esteve lesionado até agora...
55'Entra Fernando Alexandre (Académica)
55'Sai G. Magique (Académica)
55'Que perigo!!! Sebá cabeceia sozinho ao lado!!!
50'Entra R. Ofori (Académica)
50'Sai Marinho (Académica)
48'Cotovelada perfeitamente estúpida de Iago em Bruno Lopes!!!
47'Cartão vermelho para Iago Santos.
46'Recomeça o Académica - Estoril
45'Entra Sebá (Estoril)
45'Sai Arthuro (Estoril)
45'Resultado justo ao intervalo, que premeia a maior convição da Académica perante um Estoril muito apático.
45'Intervalo no Académica - Estoril
44'Desatenção da defesa da casa, que pareceu parar, guarda-redes incluído, deixando Kuca fazer o que quis, até ao golo!!!
44'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Kuca.
41'A Briosa marca dois golos num jogo pela primeira vez esta época, e logo pelos dois estreantes a titular: Schumacher e Marinho. O mais alto e o mais baixo do plantel!
38'Bela jogada do ataque da Académica!! Trabalho de Schumacher na direita, a descobrir Aderlan, este passa um adversário, centra já na pequena-área, e Marinho finaliza quase debaixo da trave!!!
37'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO de Marinho.
37'O Estoril tenta reagir, mas a Académica fecha-se e sai em contra-ataque!
35'Vantagem merecida da Académica! O Estoril está uma sombra do que já foi. Cansaço pós-Europa?
29'GOOOOOOOOOOOOOOOOOLO (penálti) de Schumacher.
28'Cartão amarelo para Emidio Rafael.
23'Aderlan tenta um chapéu... muito mal!
21'Marinho ganha mais um canto.
16'Yohan corta o remate de Schumacher!!!
15'Bela estreia de Marinho a titular, para já.
14'A Académica assume ascendente...
11'Defende Kieszek com o peito!!!! Era outra vez Marinho!!!
8'Novamente Marinho, mas Schumacher não chega!
7'Bruno Lopes... por cima!
6'Muitos estudantes de capa e batina na bancada!
2'Belo trabalho de Marinho na direita, segundo canto para a Académica.
1'Começa o Académica - Estoril
0'Também Mano e Sebá foram poupados, entrando para os seus lugares Anderson (vai jogar os primeiros minutos esta época) e Arthuro, que mantém a titularidade conquistada frente ao Nacional.
0'Do lado estorilista, Kieszek mantém-se na baliza, depois do grande jogo frente ao PSV, estreando-se a titular na Liga.
0'Ofori, escolha habitual para o lado esquerdo da defesa, foi preterido em favor de Iago, o mesmo acontecendo com Rafael Lopes, que foi substituído por Schumacher, em estreia como titular.
0'Ambos os técnicos promoveram alguma alterações, Paulo Sérgio devido à falta de resultado, e Couceiro para gerir a equipa depois da Liga Europa.
0'Quanto à equipa da Linha, com um Início de altos e baixos, conta com duas derrotas, em Braga, e com o Rio Ave, um empate, em Arouca, e um triunfo, frente ao Nacional. Mas o mais interessante é saber como vai reagir a equipa ao desaire, a meio da semana, com o PSV.
0'A Briosa caiu para a zona de despromoção com a vitória do Penafiel sobre o V. Setúbal e já é, a par com o Gil Vicente, a única equipa que ainda não ganhou. Urge, portanto, dar o tal golpe de asa, antes que comece a ser tarde.
0'O árbitro da partida será Rui Costa, do Porto, auxiliado por Nuno Manso e João Silva. O quarto árbitro será Vasco Santos.
0'Suplentes: Wagner, Mano, Rúben Fernandes, Matías Cabrera, Sebá, Kléber e Balboa.
0'ESTORIL: Kieszek; Anderson, Yohan Tavares, Bruno Miguel e Emídio Rafael; Filipe Gonçalves; Diogo Amado e Babanco; Bruno Lopes, Arthuro e Kuca.
0'Suplentes: Lee, Ofori, Pedro Nuno, Fernando Alexandre, Lucas Mineiro, Rafael Lopes e Edgar Salli.
0'ACADÉMICA: Cristiano; Aderlan, Iago, Aníbal Capela e Ricardo Nascimento; Nuno Piloto e Obiora; Marinho, Rui Pedro e Magique; Schumacher.
0'Vamos, sem mais delongas, aos onzes iniciais:
0'Os estudantes estão no penúltimo lugar, com dois pontos, menos um do que o Penafiel, e mais um do que o Gil Vicente. Já os canários estão no 13º posto, com quatro, os mesmos de Nacional, V. Setúbal e Boavista.
0'Boa tarde. É o jogo de encerramento da 5ª jornada da Liga, entre Académica e Estoril, para seguir, em direto, no Maisfutebol. Fique ligado!
Acompanhe aqui o AO MINUTO deste jogo dia 22 Set 2014 às 20:00

in AAC-OAF
in maisfutebol 

Académica-Estoril (antevisão): à procura do golpe de asa

Estudantes e canários em busca de melhores dias

O Momento

Académica:

Caiu para a zona de despromoção com a vitória do Penafiel sobre o V. Setúbal e já é, a par com o Gil Vicente, a única equipa que ainda não ganhou. Urge, portanto, dar o tal golpe de asa, antes que comece a ser tarde.

Estoril:

Início de altos e baixos para os canarinhos, que contam com duas derrotas, em Braga, e com o Rio Ave, um empate, em Arouca, e um triunfo, frente ao Nacional. Mas o mais interessante é saber como vai reagir a equipa ao desaire, a meio da semana, com o PSV.

Ausências:

Académica: Iago Santos e João Real.

Estoril:  --

Discurso direto:

Paulo Sérgio: «Temos revelado falta de eficácia, mas temos apresentado um bom futebol, à exceção da segunda parte com o Boavista. A equipa tem apresentado qualidade e bom futebol, mas temos de continuar a melhorar a nossa agressividade no último terço para que nos tornemos mais perigosos.»

José Couceiro: «É uma equipa que tem criado oportunidades de golo mas que também tem cometido alguns erros, pelo que neste aspeto Académica e Estoril possuem pontos em comum. São duas equipas que procuram jogar um futebol positivo, embora com características diferentes. É um jogo importante para nós, vencemos na última jornada e queremos dar continuidade aos bons resultados na Liga Portuguesa.»

Histórico de confrontos:
O último triunfo da Académica sobre o Estoril já tem mais de quatro anos, quando André Villas Boas liderava a equipa de Coimbra, num jogo para a Taça da Liga. Nas últimas duas épocas, os estudantes foram surpreendidos em casa (0-2 e 0-1), depois de 60 anos de inviolabilidade! No cômputo geral, em 19 jogos, 10 vitórias da turma da casa contra cinco dos forasteiros e quatro empates.

Equipas prováveis:

ACADÉMICA:


Outros convocados: Lee, Iago, Jimmy, Pedro Nuno, Fernando Alexandre, Lucas Mineiro, Schumacher e Edgar Salli.

ESTORIL:



Outros convocados: Vagner, Anderson, Rúben Fernandes, Afonso Taira, Matías Cabrera, Balboa, Babanco, Arthuro e Kléber.

in maisfutebol 

21 de setembro de 2014

Académica vs Estoril: Lista de convocados

O treinador da Académica, Paulo Sérgio, divulgou este domingo a lista de convocados para o jogo frente ao Estoril.

O embate diante os canarinhos conta para a 5ª jornada da Primeira Liga e será disputado esta segunda, pelas 20:00, no Estádio EFAPEL Cidade de Coimbra.
 

Consulte os nomes que vão a jogo! A lista contempla 19 jogadores:

Guarda-redes: 1- Cristiano; 32- Lee

Defesas: 3- Aníbal Capela; 5- Ricardo Nascimento; 14- Iago; 29- Aderlan 37- Ofori

Médios: 4- Obiora; 8- Jimmy; 20- Rui Pedro; 27- Pedro Nuno; 28- Nuno Piloto; 65- Fernando Alexandre; 92- Lucas Mineiro

Avançados: 7- Marinho; 9- Schumacher; 11- Magique; 23- Edgar Salli; 30- Rafael Lopes

in AAC -OAF

2014/15 - Horários até à 12 jornada

Jornada 6 - Arouca vs Académica         Domingo, 28 de Setembro          16:00 Sem TV
Jornada 7 - Académica vs Moreirense Domingo, 5 de Outubro                   16:00 Sem TV
Jornada 8 - Nacional vs Académica Domingo, 26 de Outubo                   16:00 Sem TV
Jornada 9 - Académica vs SC Braga Domingo, 2 de Novembro          19:15 Sport Tv
Jornada 10 - Rio Ave vs Académica Segunda-feira, 10 de Novembro 20:00 Sport Tv
Jornada 11 - Académica vs Benfica Domingo, 30 de Novembro         18:00 Sport Tv
Jornada 12 - Académica vs FC Porto Sábado, 6 de Dezembro                 20:15 Sport Tv

in AAC-OAF



2014/15 - 06J - Arouca - Académica: Horário

Calendário da 6.ª jornada:

Sexta-feira, 26 de setembro:
Sporting – FC Porto, 20.30 horas

Sábado, 27 de setembro:
Estoril – Benfica, 18.30 horas
SC Braga – Rio Ave, 20.30 horas

Domingo, 28 de setembro:
Boavista – Gil Vicente, 16 horas
Arouca – Académica, 16 horas
Marítimo – V. Guimarães, 16 horas
Moreirense – Penafiel, 16 horas
V. Setúbal – Nacional, 18 horas

Segunda-feira, 29 de setembro:
P. Ferreira – Belenenses, 20 horas

«Temos tido alguma falta de eficácia mas temos apresentado bom futebol» - Paulo Sérgio

Se é um facto que a Briosa ainda não conseguiu vencer desde o início do Campeonato, também não é menos verdade que em Coimbra não há sinal de alarme. Paulo Sérgio sabe que os pontos são absolutamente necessários, mas também reconhece que com a qualidade que a equipa tem apresentado as vitórias estarão sempre mais perto. 

Tal como estava preparado desde a ronda inaugural, o treinador dos estudantes está pronto para que o primeiro triunfo surja já amanhã, na receção ao Estoril:

- Acreditamos que a equipa está sempre melhor e trabalhamos para que corresponda às nossas expetativas. Temos tido alguma falta de eficácia mas temos apresentado um bom futebol, à exceção da segunda parte do jogo no Bessa, onde não tivemos qualidade no que fizemos. Aí, quando falei na atitude, estava a referir-me a erros táticos. Nesse período deixámos de ter ocasiões de golo por não termos qualidade na circulação de bola. Deixámos de ser rigorosos. Temos que melhorar a agressividade no último terço para que nos tornemos mais maduros e perigosos. Para mim, a hora de conquistar a primeira vitória chegou desde a primeira jornada. Temos sido penalizados por erros pontuais, alguns tiros nos pés. Quero a equipa a fazer tudo, com a atitude correta, para alcançarmos a primeira vitória. Não temos que estar stressados nem preocupados com a tabela classificativa. Estoril? É uma equipa que adquiriu, nos últimos dois anos, um estatuto diferente do que tinha, fruto de um trabalho muito bom. É uma boa equipa do nosso Campeonato e que nos vai apresentar dificuldades. Se o cansaço pode jogar a nosso favor? Não acredito nisso. A Liga Europa permite que as equipas e os jogadores cresçam e, além disso, o jogo foi há mais de 72 horas, penso que estarão recuperados amanhã. Além disso, têm um plantel vasto. Como tal, só nos resta trabalhar muito para conquistarmos o nosso objetivo.

in abola 

Marcos Paulo foi operado após choque com Ivanildo

Os dois jogadores da Briosa foram ontem de ambulância para os HUC. O brasileiro foi operado à face e o guineense está em casa, de repouso

Um forte choque entre Marcos Paulo e Ivanildo, durante o treino de ontem, levou os dois jogadores da Académica para as urgências dos Hospitais da Universidade de Coimbra. O plantel às ordens de Paulo Sérgio tem tido um início de época azarado com as lesões e ontem o azar voltou a bater à porta dos estudantes.

in diáriodecoimbra

Paulo Sérgio: Ainda na conferência de Imprensa de antevisão do encontro frente aos canarinhos, Paulo Sérgio falou sobre as situações clínicas de Marcos Paulo e Ivanildo que, no treino matinal de ontem, chocaram com alguma gravidade e foram, inclusivamente, transportados ao hospital. 

«Foi um susto grande. O Marcos Paulo tem uma fratura do malar e já foi operado. Tem tido um tremendo azar desde que veio para Coimbra. O Ivanildo fez um traumatismo craniano e, como manda a prudência, vai ficar em repouso durante alguns dias», concluiu.

in a bola 

19 de setembro de 2014

Aníbal Capela de regresso; Lino quase recuperado.

O treino matinal desta quinta-feira trouxe uma excelente notícia para Paulo Sérgio: Aníbal Capela, que tem estado ausente devido a uma fasceíte plantar, já trabalhou sem quaisquer limitações.

O regresso do defesa-central surge numa altura importantíssima para o treinador da Briosa, uma vez que João Real e Iago continuam entregues ao departamento médico e, assim sendo, sobrava apenas Ricardo Nascimento para o eixo defensivo.

Também Lino, Fernando Alexandre e Oualembo assinaram a folha de presenças, o que significa que todos eles podem ser opção para a receção ao Estoril, agendada para as 20 horas da próxima segunda-feira.

in abola 

17 de setembro de 2014

Académica vs Estoril: Bilhetes à venda

Já se encontram à venda os bilhetes para o jogo entre a Académica e o Estoril, da 5ª jornada da Primeira Liga, um encontro agendado para esta segunda-feira, dia 22 de Setembro, pelas 20:00, no Estádio EFAPEL Cidade de Coimbra.

A Briosa procura o primeiro triunfo na presente edição do campeonato e todo o apoio é fundamental para que a nossa equipa conquiste os três pontos!

Os ingressos já estão à venda na Loja do Sócio, no Estádio EFAPEL Cidade de Coimbra e na Loja Oficial da Briosa, no Dolce Vita Coimbra.

Refira-se que os sócios que não são portadores de bilhete de época poderão assistir ao duelo entre a Académica e o Estoril por 5 euros. Confira a tabela abaixo publicada onde pode consultar o preçário para o jogo da 5ª jornada!

Como já percebeu, ser Sócio da Briosa, para além de ser um orgulho, garante-lhe também vantagens enormes no que respeita às condições que lhe são proporcionadas para ver os "estudantes" em acção. Ser sócio da Académica torna tudo mais fácil e económico! Se ainda não é, não perca tempo e torne-se já hoje associado da mágica Briosa carregando aqui. Se já for sócio, mais económico ainda é adquirir o Lugar Anual 2014/2015. Para mais informações clique aqui. 

Não fique em casa e apoie os "estudantes" do princípio ao fim. A sua presença é fundamental até porque a Briosa é a Paixão que nos Move!!!

Força Académica!


Confira o preço dos bilhetes (Planta virtual do Estádio): 

Sócios com bilhete de época (pack 12 jogos incluído) Entrada gratuita
Sócios sem bilhete de época 5 €
Bancada Norte - Zona Visitante 10 €
Público - Bancadas Centrais Inferiores 20 €
Público - Bancada Poente Superior 25 €


in AAC-OAF

Iago junta-se aos lesionados

Defesa brasileiro sofreu uma mialgia

O defesa Iago Santos é o mais recente caso clínico da Académica, tendo-lhe sido diagnosticada, segundo informou o clube, uma mialgia. O brasileiro foi um dos ausentes da primeira sessão de trabalho da semana, depois da derrota com o Boavista (1-0), no último domingo. 

Os estudantes preparam o encontro da próxima segunda-feira, em casa, diante do Estoril, partida para a qual Paulo Sérgio não poderá contar com Aníbal Capela e João Real, que continuam ausentes dos treinos. 

Já Oualembo, Lino e Fernando Alexandre fazem trabalho condicionado, pelo que poderão ainda recuperar até ao dia do jogo. 

No apronto de hoje, participaram também os guarda-redes dos juniores, Pedro Gonçalves e João Gomes, este último que já havia feito a pré-época com os mais velhos. 

in maisfutebol 

14 de setembro de 2014

Classificação após a 4ª Jornada


2014/15 - 04J - Boavista 1 - Académica 0




nº espectadores: 3 187
árbitro: Bruno Esteves

Crónica 


O Boavista tanto quis festejar já hoje a sua primeira vitória no regresso à Liga que conseguiu mesmo obter os três pontos, perante adversário teoricamente superior. 

Nota-se, à distância, que esta equipa de Petit não derrama talento. A inexperiência de muitos elementos é outro problema que, com trabalho, parece estar a ser minimizado. 

Depois de três resultados negativos, o Boavista surgia, frente à Académica, com zero golos marcados e oito sofridos. Mas frente ao Benfica, no único jogo no Bessa, a derrota até tinha sido mínima. E, à quarta jornada, a equipa axadrezada tinha, pela primeira vez, um cenário de atuar em casa perante um não grande. 

Essa novidade terá conferido ânimo especial à formação de Petit. Nunca praticou futebol de encantar (isso era pedir demasiado…), mas a verdade é que o Boavista assinou um jogo com alma e coração, muita entrega e pozinhos de qualidade, num ou noutro lance. 

A Académica, com jogadores mais virtuosos, chegou a ter períodos de domínio, com mais posse de bola e duas ou três situações de perigo. Mas a equipa de Paulo Sérgio nunca conseguiu controlar como, possivelmente, esperaria esta partida. 

O intervalo chegou com um empate justo, que até podia ser colorido com golos para as duas formações. Estava tudo em aberto. 

O Boavista surgiu mais atrevido e dominante no segundo tempo. E marcou mesmo: Ofori assustou-se com o posicionamento de Wei Shihao  Beckeles e marcou na própria baliza. Os axadrezados festejavam o primeiro golo na prova e começavam a acreditar que ia mesmo surgir a primeira vitória. 

A Académica tinha muito tempo para dar a volta, mas não dava mostras de o merecer.

Em contraponto, o Boavista parecia até crescer no jogo, à medida que a confirmação do triunfo se aproximava. 

Mika, em tarde segura, foi dando conta do recado, agarrando todas as bolas que apareciam na sua área de jurisdição. Sem nunca cair no sufoco, o Boavista foi aguentando e mereceu, por inteiro, este primeiro triunfo desde que regressou à Liga.

A Académica, que frente ao Sporting, na estreia do campeonato, tinha dado boas indicações, soma terceiro resultado negativo seguido (derrota na Madeira, empate em casa com V. Setúbal, derrota no Bessa) e precisa, com certa urgência, de melhorar processos.  

Destaques 


O MOMENTO 

A «oferta» de Ofori 
O Boavista entrara bem na segunda parte, procurava o golo, mas sem grandes ocasiões criadas para tal. Em lance rápido pela esquerda, o recém-entrado Wei Shihao aparecia com perigo (e com Beckeles também na jogada) e Ofori, vendo o risco, apressou-se em tentar emendar. Correu mal, a bola entrou na baliza de Cristiano: o Boavista, ao quarto jogo, pôde mesmo festejar um golo na Liga. Não acontecia há seis anos e foi, é claro, motivo para feste rija nas bancadas do Bessa. 

A FIGURA 

Beckeles 
Incansável. O todo-o-terreno deste Boavista de Petit, um pouco à imagem do seu treinador, fartou-se de fazer cortes, tentar centros, ajudar na defesa e ainda no ataque. Se não tivesse sido autogolo de Ofori, poderia até ter feito ele o 1-0... 

Outros destaques 

Philipe Sampaio 
O central brasileiro, de 19 anos, bem tentou, de cabeça, nas bolas paradas, surpreender o guarda-redes da Académica. Os lances foram sendo travados por Cristiano, ou então perdiam-se indo ao lado, mas geralmente com a pontaria a falhar por pouco o alvo pretendido. 

Rui Pedro 
Os melhores momentos da Académica, sobretudo na primeira parte, passaram pelos pés deste jogador móvel, capaz de vaguear pelas zonas do meio-campo e pelo setor ofensivo. Esteve mal acompanhado. 

Opiniões 


Petit, treinador do Boavista, na conferência de Imprensa após o jogo com a Académica: 

«Na base deste triunfo esteve a concentração, a atitude e a qualidade dos meus jogadores» 

«Nestes dois meses de trabalho, temos tido trabalho intenso»

«A pausa no campeonato permitiu que alguns jogadores se adaptassem e entrassem numa atitude que temos que ter e que eles, neste jogo, cumpriram ao pormenor»

«As vitórias dão sempre moral, não é só no início. Dão confiança, as coisas correm melhor. Daqui a um mês espero que tenhamos evoluído ainda mais»

«São três pontos, mas temos que continuar a trabalhar»

«Monllor? Foi titular em Vila do Conde, mas saiu com mazelas desse jogo e ficou na bancada agora» 

«Tivemos um calendário bem difícil a abrir, estes três pontos são bons. Mas vamos tentar surgir o melhor possível com o FC Porto» 


Paulo Sérgio, treinador da Académica, na conferência de Imprensa após o jogo no Bessa: 

«Saímos daqui com zero pontos. Para mim, depois de uma primeira parte bem conseguida, os jogadores pensaram que ia ser assim no segundo tempo e que as coisas estavam controladas» 

«O Boavista fez um golo e isso intranquilizou-nos. Não estávamos à espera e não fomos capazes de reagir devidamente.»

«Já transmiti a mensagem lá dentro: o campeonato não é só para jogar bem, é também para ter atitude e procurar os pontos. Faltou-nos isso, sobretudo na parte final».

«Pode dizer-se que tivemos a atitude errada no segundo tempo»

«O sintético? Pessoalmente não gosto, mas isso não serve de desculpa para a derrota»

Ao Minuto 


90'Boavista consegue primeira vitória no regresso à Liga. À quarta jornada.
90'Final, 1-0!!!
90'FIM DO Boavista, (1) - Académica, (0)
89'O Boavista está a aguentar bem a mínima vantagem...
88'Mika, outra vez bem a sair dos postes...
87'Sai R. Ofori (Académica)
87'Entra Marinho (Académica)
85'Ivanildo de cabeça, defende Cristiano
83'Mikel trava livre direto
81'Cartão amarelo para Rui Pedro.
78'Entra Y. Ly (Boavista)
78'Sai Zé Manuel (Boavista)
70'Entra Ivanildo (Académica)
70'Sai N. Obiora (Académica)
70'Boavista a aguentar a pressão da Académica, volta a equilibrar o jogo
66'Boa jogada de ataque da Académica, Mika sai bem e agarra com as duas mãos
59'Cartão amarelo para Miguel Cid.
57'Entra Miguel Cid (Boavista)
57'Sai Brito (Boavista)
57'Brito tem mesmo que sair, está lesionado...
56'Na tentativa de cortar lance perigoso de ataque, Ofori oferece ao Boavista o primeiro golo nesta Liga...
56'1-0, Boavista!!!
54'Autogolo de R. Ofori.
54'Reentrou em campo, Brito
52'Agora é Brito a ter problema muscular...
50'Entra Shihao Wei (Boavista)
50'Sai C. Pouga (Boavista)
49'Pouga vai mesmo sair...
48'Boavista entra melhor no segundo tempo
47'O camaronês está a ser assistido dentro das quatro linhas
47'Pouga parece ter-se lesionado...
46'Entra Schumacher (Académica)
46'Sai G. Magique (Académica)
46'Recomeça o Boavista - Académica
45'Primeira parte equilibrada, com alguns pontos de interesse. Boavista tentou mais, Académica terá tido as melhores oportunidades. Tudo em aberto
45'Intervalo, 0-0
45'Intervalo no Boavista - Académica
45'Um minuto de descontos
43'Canto para a Académica
37'Zé Manuel, pela esquerda, cobra livre, Philipe Sampaio cabeceia ao lado
36'Alfredo, adjunto de Petit, expulso do banco, depois de várias situações em que protestou decisões de Bruno Esteves...
33'Cartão amarelo para Anderson Correia.
29'Mais um cabeceamento de Philipe, mais uma defesa de Cristiano
28'Cartão amarelo para Ricardo Nascimento.
28'Philipe Sampaio, de cabeça, defende Cristiano, é canto
26'Zé Manuel bate o livre, Pouga, de cabeça, ao lado. Perigoso!
24'Magique para Rui Pedro, a bola a rasar o poste...
24'Jogo equilibrado, tudo em aberto para já
21'Rafael Lopes, de cabeça, para a defesa de Mika
16'Académica volta a pegar no jogo...
14'Falta de Rui Pedro sobre Brito
13'Rui Pedro apanhado em fora-de-jogo
13'Beckeles centra, Pouga na área tenta a receção, mas perde a bola
11'Rui Pedro para Aderlan, o centro podia sair com perigo, mas a bola sai muito torta
7'Beckeles remata de longe, por cima
7'Boavista agora a tentar pegar no jogo
3'Académica com mais bola nesta fase inicial
2'Académica a jogar toda de branco, Boavista com camisola axadrezada e calções pretos
1'Começou, saiu a Académica!
1'Começa o Boavista - Académica
0'Entram as equipas, o espetáculo está quase a começar!
0'O Boavista procura não só o seu primeiro ponto, mas também o seu primeiro golo nesta prova...
0'A Académica foi-se preparando para o sintético do Bessa treinando também em sintéticos durante a semana
0'Fary, que na véspera de natal fará 40 anos, está no banco.
0'Falta meia-hora para o início do jogo
0'As três equipas realizam exercícios de aquecimento
0'Suplentes Académica: Lee, Marinho, Jimmy, Schumacher, Ivanildo, Pedro Nuno e Lucas Mineiro
0'ACADÉMICA: Cristiano; Aderlan, Iago, Ricardo Nascimento e Ofori; Obiora, Nuno Piloto; Magique, Marcos Paulo e Rui Pedro; Rafael Lopes
0'Suplentes Boavista: Mamadou Ba, Fábio Ervões, Fary, Miguel Cid, Yoro Ly, Idris e Wei Shiao
0'BOAVISTA: Mika; João Dias, Philipe Sampaio, Carlos Santos, Anderson Correia; Tengarrinha e Beckeles; Brito, Zé Manuel e Anderson Carvalho; Pouga
0'Já choveu na cidade do Porto este domingo, mas agora está sol...
0'O sintético do Bessa está agora a ser regado
0'Falta pouco mais de uma hora para o jogo começar e as bancadas do Bessa permanecem vazias
0'O Boavista-Académica é já um duelo que faz parte da história do futebol português. Em 33 partidas para a Liga portuguesa, no Bessa, o Boavista ganhou 24 vezes, houve sete empates e a Académica apenas saiu vencedora em duas ocasiões.
0'Paulo Sérgio, treinador da Académica: «O nosso sentimento é o de que vamos conquistar a primeira vitória. Temos apresentado bom futebol nas jornadas anteriores e em função da nossa produção deveríamos ter mais pontos.»
0'Petit, treinador do Boavista: «O Boavista tem de jogar «à sua imagem, com intensidade e entrega, para que o coletivo funcione, com as linhas bem juntas umas das outras e depois sair rapidamente no contra-ataque e com futebol apoiado»
0'Petit, treinador do Boavista: «Queremos conquistar os três pontos, queremos uma vitória para a equipa moralizar e ter motivação para os jogos que vai ter pela frente. Vai ser um jogo bom. A Académica é uma equipa boa e está a jogar um bom futebol. Estivemos a estudá-los bem e vamos tentar fazer o nosso jogo e ir à procura dos três pontos.»
0'Fernando Alexandre, João Real, Lino, Aníbal Capela e Oualembo, impedidos; Edgar Salli e Fábio Santos (opção) são ausências na Académica
0'Novo empate a 1-1 em Coimbra, mas desta vez com o V. Setúbal, torna os dois empates nas primeiras três jornadas saldo pouco motivador. Será que a primeira vitória da Académica nesta Liga vai acontecer no Bessa?
0'Dois empates e uma derrota ditam um arranque ainda por definir, mas por enquanto modesto, do conjunto de Coimbra. O ponto arrancado, na jornada inaugural, ao Sporting de Marco Silva parecia promissor, mas a derrota na Madeira (2-1 com o Marítimo) ditou recuo nas contas de Paulo Sérgio.
0'Depois da derrota clara em Braga, no insucesso tangencial no Bessa com o Benfica e da goleada sofrida em Vila do Conde, a formação de Petit acredita ter, nesta receção à Académica, a primeira grande oportunidade de, pelo menos, marcar e pontuar. Por enquanto, o saldo mostra um preocupante 0-8 em golos…
0'Este regresso ao escalão principal não tem sido fácil para os boavisteiros. O calendário não ajudou a um arranque moralizador, o que dificultou ainda mais a tarefa de um plantel obviamente inexperiente nas andanças de Liga.
0'Boa tarde. A partir das 16h tem início, no Estádio do Bessa, o Boavista-Académica. Siga tudo AO VIVO no Maisfutebol
Acompanhe aqui o AO MINUTO deste jogo dia 14 Set 2014 às 16:00

in maisfutebol
fotos: Lusa

Boavista-Académica (antevisão): todos em busca da primeira vitória


Axadrezados querem acabar com série de derrotas, academistas procuram os três pontos

Momento

Boavista: Este regresso ao escalão principal não tem sido fácil para os boavisteiros. O calendário não ajudou a um arranque moralizador, o que dificultou ainda mais a tarefa de um plantel obviamente inexperiente nas andanças de Liga. Depois da derrota clara em Braga, no insucesso tangencial no Bessa com o Benfica e da goleada sofrida em Vila do Conde, a formação de Petit acredita ter, nesta receção à Académica, a primeira grande oportunidade de, pelo menos, marcar e pontuar. Por enquanto, o saldo mostra um preocupante 0-8 em golos… 

Académica: Dois empates e uma derrota ditam um arranque ainda por definir, mas por enquanto modesto, do conjunto de Coimbra. O ponto arrancado, na jornada inaugural, ao Sporting de Marco Silva parecia promissor, mas a derrota na Madeira (2-1 com o Marítimo) ditou recuo nas contas de Paulo Sérgio. Novo empate a 1-1 em Coimbra, mas desta vez com o V. Setúbal, torna os dois empates nas primeiras três jornadas saldo pouco motivador. Será que a primeira vitória da Académica nesta Liga vai acontecer no Bessa? 


Ausências

Boavista: -- 

Académica: Fernando Alexandre, João Real, Lino, Aníbal Capela e Oualembo; Edgar Salli e Fábio Santos (opção) 


Discurso direto

Petit (treinador Boavista): «Queremos conquistar os três pontos, queremos uma vitória para a equipa moralizar e ter motivação para os jogos que vai ter pela frente. Vai ser um jogo bom. A Académica é uma equipa boa e está a jogar um bom futebol. Estivemos a estudá-los bem e vamos tentar fazer o nosso jogo e ir à procura dos três pontos. O Boavista tem de jogar «à sua imagem, com intensidade e entrega, para que o coletivo funcione, com as linhas bem juntas umas das outras e depois sair rapidamente no contra-ataque e com futebol apoiado». 

Paulo Sérgio (treinador Académica): «O nosso sentimento é o de que vamos conquistar a primeira vitória. Temos apresentado bom futebol nas jornadas anteriores e em função da nossa produção deveríamos ter mais pontos. Temos que continuar a trabalhar para procurar esses pontos que desejamos. O Boavista tem zero pontos mas é uma boa equipa. Tem caraterísticas interessantes, é uma equipa competitiva que nos vai causar dificuldades. Está em crescimento. O facto de irmos jogar num relvado sintético, por mais que seja de top, é sempre diferente. É um piso com uma caraterística diferente. Mas adaptámo-nos durante a semana e temos que chegar lá e fazer outra rápida adaptação. Elogios do presidente? Julgo que é a constatação de um facto, penso que estamos todos de acordo nessa matéria. Mas o Campeonato faz-se de pontos e temos que ir à procura deles. Jogando bem estamos sempre mais próximo de vencer.» 


Histórico de confrontos 
O Boavista-Académica é já um duelo que faz parte da história do futebol português. Em 33 partidas para a Liga portuguesa, no Bessa, o Boavista ganhou 24 vezes, houve sete empates e a Académica apenas saiu vencedora em duas ocasiões. 

Equipas prováveis

Boavista



Não é conhecida a convocatória


Académica


Outros convocados: Lee, Jimmy, , Pedro Nuno, e Lucas Mineiro, Rui Pedro, Marinho, Schumacher, Ivanildo, Hugo Seco

in maisfutebol